Blitz News
Notícias
Esporte
Campeões mundiais levam ouro no vôlei de praia.

Campeões mundiais levam ouro em etapa do Brasileiro de vôlei de praia.

Data: 18/09/2017 Fonte: www.terra.com.br

Atuais campeões mundiais, Evandro e André Stein conquistaram pela primeira vez uma etapa do Circuito Brasileiro de vôlei de praia neste domingo. A dupla derrotou Guto e Vitor Felipe de virada, por 2 sets a 1 (21-15, 17-21 e 9-15), e ficou com o título na abertura da temporada 2017/2018 diante de uma arena lotada no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande (MS). 

A medalha de bronze ficou com Álvaro Filho e Saymon, campeões brasileiros da temporada passada, que superaram Fernandão e Ramon Gomes por 2 sets a 0 (21-12 e 21-15).

A próxima parada da competição nacional acontece em Natal (RN), de 18 a 22 de outubro. 

Este é o primeiro ouro da parceria entre Evandro e André, juntos desde janeiro deste ano. André, porém, sobe ao lugar mais alto do pódio pela segunda vez na cidade. Na temporada passada, ele levou o ouro ao lado do campeão olímpico Ricardo. 

- Segundo título seguido aqui em Campo Grande, primeiro com Ricardo, e agora vencendo no Brasil com o Evandro pela primeira vez. Vai ficar marcado na minha memória. Uma etapa difícil, com bastante calor e clima seco. Mas conseguimos nos adaptar e superar as dificuldades mais uma vez. O Vitor Felipe fez uma partida muito boa, sabíamos que ele viria forte, mas ele é o bloqueador e isso desgasta bastante. Sacar forte, atacar, correr para a rede, é difícil. Quando eles passaram a errar, conseguimos crescer e virar - disse André. 

O título dá ao capixaba e ao carioca um prêmio de R$ 45.050,50 e 400 pontos no ranking geral da temporada, que conta o resultado das sete etapas. Já Guto e Vitor Felipe somam 360 pontos e recebem R$ 29.250,00 com o segundo lugar. O bronze de Alvinho e Saymon vale 320 pontos na classificação geral e um prêmio de R$ 20.674,00. 

Se o título brasileiro é o primeiro da parceria, André chega ao seu terceiro ouro em etapas nacionais, enquanto Evandro soma agora seis títulos de paradas do Open. O carioca eleito melhor sacador pela terceira vez seguida no Circuito Mundial destacou o trabalho da comissão técnica e reforçou o alto nível técnico do Circuito Brasileiro. 

- Os méritos das nossas conquistas são da comissão técnica que está ao nosso redor. É fácil falar que eu e o André estamos em uma boa sequência, mas é preciso se lembrar da nossa comissão. Temos o Ricardo Mengo, nosso preparador físico, nossa psicóloga Maíra Ruas, que nos ajudou muito a entrar em uma arena com dez mil pessoas na Áustria e fazendo pressão a favor do time da casa. O nosso técnico Ednílson Costa faz um trabalho excelente, o Pedro Biro que é o assistente técnico também. Eles são prioridade e fazem nós sermos o que somos hoje. Estamos acostumados a enfrentar bloqueadores mais altos no Circuito Mundial. E aqui no Circuito Brasileiro os bloqueadores são mais baixos, mas excelentes, e isso faz nosso circuito o melhor do mundo. Fico feliz de termos feito um grande jogo. Apesar de não termos apresentando o nosso melhor no primeiro set, mas nos encontramos e desenvolvemos o nosso voleibol para conseguir a vitória - disse o carioca.

Publicidade