Blitz News
Notícias
Esporte
Rixa entre brasileiro e argentino esquenta no PSG.

Rixa entre brasileiros e argentinos esquenta clima no PSG.

Data: 12/01/2018

Apesar dos bons resultados na temporada, o clima no Paris Saint-Germain parece não ser dos melhores. Nesta sexta-feira, o jornal francês L'Équipe deu destaque à tensão no vestiário da equipe após as declarações divergentes de Thiago Silva e Pastore após a vitória sobre o Amiens pela Copa da Liga da França.

Segundo a publicação, há uma divisão entre os jogadores sul-americanos do PSG. Um grupo é formado pelos brasileiros Neymar, Daniel Alves e Thiago Silva, enquanto o outro é composto por Cavani, Pastore, Di Maria e Lo Celso.

Pastore e Cavani se atrasaram para a reapresentação ao clube e não foram relacionados para enfrentar o Amiens. Após a partida, o capitão Thiago Silva declarou que o atraso da dupla não fez bem ao clube. "Temos de pensar antes de fazer gestos como esse, não foi bom", disse o zagueiro, antes de falar apenas do argentino. "Acho que Pastore avisou ao clube que queria sair".

A fala do brasileiro não soou bem para Pastore, que publicou uma resposta em sua conta no Instagram. "Eu nunca falei com o T Silva sobre o meu problema ou meu futuro", diz a postagem. "Não é verdade que quero sair! Gostaria de ficar aqui até terminar minha carreira".

Segundo a publicação, a troca de farpas reacendeu a tensão entre os grupos. Os outros sul-americanos voltaram a mencionar a ida de Neymar ao Brasil, em dezembro, para justificar sua insatisfação com as declarações. Tudo indica que a tensão do começo da temporada está longe de encerrada.

Publicidade