Blitz News
Notícias
Política
Prefeitura apresenta Projeto, Esporte Paralímpico

Equipe da Prefeitura apresenta Projeto de Esporte Paralímpico

Data: 05/02/2018 Fonte: PMCG-MS

Equipe do Projeto Futuro Paralímpico, desenvolvido no Parque Ayrton Sena, pela Prefeitura de Campo Grande, participa do VI Seminário Internacional e Curso de Capacitação Técnica da Associação Nacional de Desporto para Deficientes (ANDE) que acontece no Rio de Janeiro até dia 4 de fevereiro.

Os professores da Fundação Municipal de Esporte  (Funesp),  Yara Helena Yule, Andrea Luiz Cavalcante, Luiz dos Santos, Marli Cassoli Antônio Barbosa e Antônio Carlos Barbosa irão apresentar os trabalhos realizados no Parque Ayrton Senna na modalidade Petra. Uma das modalidades mais recentes, praticada no Brasil, sendo mais uma opção para atletas com paralisia cerebral, que correm em seus próprios pés apoiados em um suporte.

 Para a professora Yara Yule, responsável pelo Núcleo Paralímpico de Campo Grande, o trabalho demonstra a evolução da inclusão de pessoas deficientes nas atividades esportivas. “Estamos apresentando um trabalho em forma de banner e contaremos a trajetória da organização e gestão do esporte paralímpico na Capital. O trabalho a ser apresentado tem o Título de: Projeto RaceRunning-NA perspectiva de um novo olhar para pessoas com paralisia cerebral e mostraremos a evolução do atleta no equipamento que parece uma bicicleta, mas não é. Ele conta com suporte para o tronco, assento, guidão e três rodas e os atletas usam seus pés para correr ou caminhar”, afirmou.

Preocupado em oferecer esporte e lazer para todo o conjunto da população Campo-grandense, o diretor-presidente da Funesp, Rodrigo Terra destacou as atividades  paradesportivas realizadas pela Funesp.  “Estamos promovendo o desenvolvimento da pessoa com deficiência por meio do esporte oferecendo espaços e atividades de qualidade. Em Campo Grande a modalidade Petra já é realizada com 3 pessoas no Parque Ayrton Senna, além das modalidades de Atletismo, Bocha, Tênis de Mesa e Futebol de 7 desenvolvidas para mais de 100 pessoas, ressaltou Terra.

Ele ainda lembrou sobre a inclusão das modalidades paralímpicas nos Jogos Escolares Campo-grandenses de 2018 anunciadas pela administração municipal na última quinta-feira (1).

Sobre o Seminário

O objetivo do Seminário é proporcionar o intercâmbio de conhecimentos e experiências na área de Esportes Paralímpicos, através da exposição de trabalhos em forma de pôsteres ou oral. Capacitar, com conhecimentos técnicos e táticos, profissionais que atuem com as modalidades de Bocha Paralímpica, Futebol de Sete – PC e Petra, nos clubes filiados e vinculados a ANDE e que desenvolvam trabalhos voltados à pratica esportiva das pessoas com paralisia cerebral.

Publicidade