Blitz News
Notícias
Notícia
Assistência às famílias atingidas pela chuva.

Prefeitura leva assistência às famílias atingidas pela chuva.

Data: 22/02/2018

A vice-prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes, está coordenando as ações de amparo às famílias afetadas pela chuva que caiu em Campo Grande nos últimos dias.  Algumas regiões da cidade como os bairros Centro Oeste e Los Angeles foram as que mais sofreram com o expressivo volume de água que atingiu as moradias.

Ao lado das equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS) e Defesa Civil, Adriane levou materiais, cobertores, cestas básicas e colchões e também orientou as famílias sobre o procedimento de cadastro nos Cras de referência da região, que estão recebendo as demandas dos auxílios necessários.

Ao falar da preocupação da administração municipal em amparar essas famílias neste momento delicado, a vice-prefeita assegurou que as pessoas que tiveram prejuízos já estão sendo acompanhadas pelos Cras, secretarias e demais autarquias públicas municipais.

“Nossa gestão defende um atendimento humanizado e é isso que estamos buscando fazer nesse momento em que muitas famílias perderam seus pertences e seus lares por causa da força das chuvas. Essa é a bandeira do prefeito Marquinhos Trad: acompanhar de perto e levar os serviços principalmente àqueles cidadãos que estão em situação de vulnerabilidade e precisando da nossa assistência”, disse Adriane.

Habitação Social

Logo no início da atual gestão, em novembro do ano passado, a Prefeitura conseguiu assegurar 1.072 novas moradias, quando o Governo Federal divulgou o resultado das propostas habilitadas para o Programa Minha Casa, Minha Vida – Fundo de Arrendamento Residencial.

Esse foi um dos compromissos que a gestão municipal assumiu junto à população: tornar Campo Grande uma referência do cenário nacional da habitação de interesse social. “A aprovação de mais de mil moradias em tempo hábil é a prova de que, com muito trabalho e dedicação, podemos fazer muito mais”, destaca o prefeito Marquinhos Trad.

A novidade encerra ciclo de quatro anos em que não foram contratadas moradias populares na Capital.

Contenção de enchentes

A Prefeitura de Campo Grande deu início em 2018  a construção de dois  piscinões, além das obras de controle de enchente no Rio Anhandui,  em fase de homologação da licitação, com investimento de quase R$ 50 milhões.  Também está no planejamento a construção de  mais dois piscinões e quatro  barragens, com capacidade para reter 154 mil metros cúbicos de água,  orçadas em R$ 43 milhões, que dependem da captação de recursos que já está sendo viabilizada.  As obras da Prefeitura vão evitar que alagamentos e transtornos como inundações aconteçam.

Publicidade