Blitz News
Notícias
Esporte
Willian José, único novato da lista da seleção.

Entenda o que Tite vê em Willian José, único novato da lista da seleção brasileira.

Data: 13/03/2018

Entre os 25 convocados para os amistosos contra Rússia e Alemanha, apenas um jamais vestiu a camisa da seleção brasileira principal. Trata-se do atacante Willian José. Mas por que, a três meses da estreia na Copa do Mundo, Tite abriu as portas para um novato? E por que ele?

No futebol brasileiro, o centroavante atuou profissionalmente por Grêmio Barueri, São Paulo, Grêmio e Santos. Deixou o país rotulado por suas limitações, mas as recentes observações da comissão técnica da Seleção comprovaram o que indicam seus números nas últimas temporadas: Willian José se tornou um jogador bem mais completo e decisivo na Real Sociedad.

 Willian José faz duas grandes temporadas na Real Sociedad, desenvolvimento grande como atleta, com jogo combinado. O objetivo é ter opções, jogadores de características diferentes, um pivô, mas com mobilidade. Ele é alto, mas se movimenta e cabeceia muito. Tem números bons em campeonatos importantes – atestou Tite em sua entrevista. 

Por que Tite convocou um novato às vésperas da Copa do Mundo?

Porque o técnico se ressente de um atacante que tenha a mesma posição de Gabriel Jesus e Roberto Firmino, ou seja, a de centroavante, porém execute outra funções, com características distintas. Até então, Tite só havia tentado isso com Diego Souza, agora no São Paulo, e com chances escassas de disputar o torneio na Rússia, no meio do ano.

O que Gabriel Jesus tem? Muita força, capacidade de segurar a bola sem perdê-la para os zagueiros enquanto o restante do time se aproxima, bom pivô e posicionamento preciso para fazer gols de primeira ou com poucos toques na bola.

O que Roberto Firmino tem? Inteligência para participar do "jogo apoiado", ou seja, as triangulações e tabelas na construção do lance ofensivo. Ele sai bastante da área e tem movimentação natural para voltar à posição de centroavante e finalizar.

Publicidade