Blitz News
Notícias
Entretenimento
YouTube mostra quanto tempo você fica nele

YouTube mostra quanto tempo você passou assistindo a vídeos

Data: 27/08/2018

Você passa muito tempo no YouTube? Agora há uma boa forma de saber: o aplicativo para Android, iPhone e iPad ganhou estatísticas de quantos minutos (ou horas) você assistiu hoje, ontem e nos últimos 7 dias. Ele também informa uma média diária.

O Google implementou uma nova seção Tempo assistido no aplicativo do YouTube para Android e iOS. Ela está sendo distribuída a partir desta segunda-feira (27), então talvez ainda não esteja disponível para você. É possível acessá-la tocando na sua imagem de perfil, no canto superior direito.

Lá, você encontrará sua média diária de tempo no YouTube, além dos minutos assistidos hoje, ontem e nos últimos 7 dias. O Google explica que isso leva em consideração seu histórico de visualização no computador, smartphone, tablet, TV e console.

Se você remover um vídeo do seu histórico de visualização, ele não será levado em consideração para calcular o tempo assistido. O mesmo vale caso você use o modo anônimo, ou caso não faça login.

Lembretes para fazer uma pausa e menos notificações

A seção “Tempo assistido” também inclui um lembrete opcional para você fazer uma pausa. (Antes, isso ficava em outro menu.) Basta ativar a opção Lembrete para fazer uma pausa e escolher um limite de tempo em horas e minutos, com intervalos de 5 em 5 minutos.

Aqui, você também pode desativar a reprodução automática. Esse é um dos recursos que tornam o YouTube tão viciante: quando você termina de assistir a um vídeo, outro começa a tocar.

Caso você receba muitas notificações do YouTube, é possível restringi-las para apenas uma por dia em um horário predefinido. Basta tocar em Resumo programado e selecionar o horário de envio. (Este recurso também já existia, mas ficava em outro menu.)

O Google apresentou, na conferência I/O, diversas medidas de bem-estar digital para combater vícios em tecnologia. O Android 9 Pie tem recursos que desestimulam o uso do celular à noite, por exemplo; ou limites diários para uso de aplicativos. Apple, Facebook e Instagram também fizeram algo semelhante.

Publicidade