Blitz News
Notícias
Notícia
Amazon sobe salário para funcionários nos EUA

Amazon sobe salário mínimo para todos os funcionários nos EUA

Data: 02/10/2018 Fonte: G1

A Amazon anunciou nesta terça-feira (2) que irá elevar o salário mínimo pago a todos os seus funcionários nos Estados Unidos, incluindo temporários. A partir de 1º de novembro, o valor pago pela hora trabalhada será de pelo menos US$ 15 (cerca de R$ 60).

Segundo a empresa, a medida irá beneficiar mais de 250 mil funcionários, além de outros 100 mil trabalhadores temporários. “Escutamos nossos críticos", disse Jeff Bezos, fundador e CEO da Amazon, em comunicado. "Estamos entusiasmados com essa mudança e incentivamos nossos concorrentes e outros grandes empregadores a se juntarem a nós".

A empresa disse ainda que irá trabalhar parar obter apoio do Congresso para aumentar o salário mínimo federal, atualmente em US$ 7,25 por hora. No começo de setembro, a Amazon alcançar US$ 1 trilhão em valor de mercado - o valor somado de todas as suas ações, se juntando à Apple no grupo até então solitário das empresa trilhardárias. Bezos foi alvo de críticas recentemente ao doar US$ 2 bilhões para um fundo filantrópico. Vozes como o escritor James Bloodworth, autor de uma investigação sobre as condições de trabalho nos centros de distribuição da Amazon, cobraram uma melhor política salarial para os trabalhadores da empresa.

"Há relatos críveis de funcionários de galpões da Amazon que moram em tendas porque não conseguem bancar um aluguel com seus salários", afirmou o escritor à BBC. As redes sociais também foram inundadas de acusações de suposta hipocrisia, e muitos citaram os esforços da Amazon em reduzir o montante de impostos pagos pela empresa nos EUA e no exterior. Também houve menções à recente iniciativa bem-sucedida da Amazon em combater um projeto de lei em Seattle - cidade-sede da empresa - que previa aumentos nos impostos de grandes empregadores para levantar verba para combater a crise de moradia na cidade, onde houve um aumento no número de pessoas sem-teto.

Publicidade