Blitz News
Notícias
Saúde
Cientistas desenvolvem exame para Alzheimer

Exame.com Cientistas desenvolvem exame de sangue para diagnosticar Alzheimer

Data: 11/12/2018

O diagnóstico de Alzheimer atualmente é feito por meio de exames de imagem cerebral e testes do líquido cefalorraquidiano (do cérebro), que detectam a presença elevada da proteína tau, relacionada ao surgimento da doença. Pesquisadores do Brigham and Women’s Hospital, afiliado à Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, estão estudando a possibilidade de criação de um exame de sangue que possa detectar o Alzheimer. “Um exame de sangue poderia ser feito de forma rápida e sem precisar internar o paciente no hospital”, afirmou Dominic Walsh, um dos autores da pesquisa e médico do Brigham and Women’s Hospital. “O exame poderia substituir os testes de fluido cerebral e/ou o exame de imagem. Nosso novo teste tem o potencial para isso, mas precisa de validação em mais pessoas. Pode ser um marco transformador”, completa.

A equipe desenvolveu testes sanguíneos capazes de detectar fragmentos da proteína tau no sangue. Pacientes doaram plasma sanguíneo e fluído cerebral para a pesquisa. Foram feitos cinco testes com o material. Um dos testes, chamado de NT1, obteve sensibilidade diagnóstica para o mal de Alzheimer em dois grupos de pacientes, um da Universidade de Harvard e outro da Universidade da Califórnia. No total, o exame foi feito em 151 pacientes. Os cientistas pretendem acompanhar os pacientes para estudar o progresso dos níveis da proteína tau no sangue. Os resultados da pesquisa foram publicados na edição de dezembro da revista científica “Alzheimer’s & Dementia”. “Publicamos os dados e as ferramentas necessárias para realizar o nosso teste porque queremos que outros grupos de pesquisa o façam”, disse Walsh. “É importante que os outros validem nossas descobertas para que possamos ter certeza de que esse teste funcionará em diferentes populações”.

Publicidade