Blitz News
Notícias
Política
Jamilsom Name quer solução para famílias carentes.

Jamilson Name quer solução para famílias que moram embaixo de viaduto


Marcelo Pereira

O deputado estadual Jamilson Name (PDT) solicitou às Secretarias de Assistência Social do estado e do município de Campo Grande a adoção de medidas para auxiliar as famílias que moram embaixo de viaduto da avenida Ernesto Geisel com avenida Manoel da Costa Lima, na Capital.

A situação dos moradores é grave. São quatro famílias que habitam o local que na semana passada foi destruído pela correnteza. A chuva intensa fez o córrego Anhanduí transbordar. Um dos moradores afirma que o nível da água subiu rapidamente, a ponto de conseguir escapar do barraco com a água do córrego na altura do quadril.

Os barracos na encosta do córrego foram arrastados pela correnteza. As famílias procuraram abrigo no posto de combustível até que a chuva parou e o nível da água baixou. No dia seguinte, novos barracos foram construídos com lonas e madeiras encontradas pelos moradores.

“A situação é crítica, pois essas pessoas estão em vulnerabilidade social extrema e correm o risco de perderem a vida neste período de chuvas. O volume de água que atinge o local é alto e representa um risco maior para os idosos e as crianças. Além disso, a sobrevivência deles é obtida com ajuda de outras pessoas da região e apenas algumas pessoas conseguem renda com a venda de artesanato, porém uma renda insuficiente para conseguir uma moradia em outro local”, explica o deputado Jamilson Name.

O parlamentar descreve que a ação tem que ser imediata para evitar tragédia maior, além de dar segurança e condições mínimas para os moradores que hoje convivem com lixo acumulado, risco de dengue, animais peçonhentos além de ameaças de pessoas que passam pelo local ameaçando expulsá-las à força.

A reivindicação do deputado Jamilson Name na Assembleia Legislativa foi encaminhada para a Elisa Cleia Pinheiro Rodrigues Nobre, secretária de Estado de Trabalho e Assistência Social, e José Mário Antunes da Silva, secretário Municipal de Assistência Social.

Publicidade