Blitz News
Notícias
Notícia
Obras de desassoreamento de lago começam hoje...

Obras de desassoreamento de lago começam nesta segunda-feira

Autor: BRUNA AQUINO Data: 10/06/2019

Maquinário já está local para preparar o início das obras

Os trabalhos para dar ínicio ao desassoreamento do lago e revitalização do Parque das Nações Indígenas, já começaram. Nesta segunda-feira (10), retroescavadeira esteve escavando o local para dar início a retirada dos sedimentos pelo lago menor.

A revitalização do parque envolve o desassoreamento dos lagos de contenção e conjunto de obras para solucionar o problema de assoreamento da cabeceira da microbacia do córrego Prosa e o lançamento de sedimentos na rede de drenagem do Córrego Reveilleau. A previsão do término da obra é em outubro deste ano.

No dia 23 de maio, o governador Reinaldo Azambuja e o prefeito Marcos Trad assinaram termo de compromisso para a recuperação do cartão postal de Campo Grande. Conforme projeto apresentado, inicialmente será feita a retirada da areia do lago menor, para depois ser feita a limpeza do maior. O trabalho será executado por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep). O investimento da obra é de R$ 8 milhões.

De acordo com o secretário municipal de Infraestrutura do Município, Rudi Fioresi, o maquinário está preparando o terreno para começar as obras. "Estamos preparando a entrada de acesso e amanhã a gente já deve iniciar a retirada de areia pelo lago menor", disse. 

DESASSOREAMENTO
Conforme publicado pelo Correio do Estado, a previsão é que sejam retirados do lago 140 mil metros de areia, que correspondem a 21 mil viagens de caminhões, segundo a prefeitura. Após o desassoreamento dos lagos, será feita a recuperação do gramado, meio fio, pavimentação e outros danos causados no local.

Já as obras no entorno do Parque das Nações Indígenas, que envolvem as intervenções na cabeceira da Microbacia do córrego Prosa e o lançamento na rede de drenagem do Córrego Reveilleau na área do Parque serão realizadas de acordo com Termo de Cooperação Mútua. Ações previstas no termo serão executadas em até 24 meses.

A Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul) irá realizar estudos e projeto técnico para as obras de controle da erosão na região da cabeceira do córrego Joaquim Português e Parque do Prosa. Também irá recuperar as pontes do Parque das Nações Indígenas e pontos de erosões sob a pista no Parque Estadual do Prosa.

 

*Colaborou Bruno Henrique

Publicidade