Blitz News
Notícias
Notícia
Voleibol deve reinaugurar Guanandizão em 2020

Liga das Nações de Voleibol masculino deve reinaugurar Guanandizão em 2020


Pensando na reinauguração do Ginásio Guanandizão, o prefeito Marquinhos Trad e o diretor-presidente da Fundação Municipal de Esportes Rodrigo Terra se reuniram neste sábado (22) com membros da Confederação Brasileira de Voleibol, em Cuiabá, para trazer à capital sul-mato-grossense a Liga das Nações, em 2020. Pelo projeto, uma etapa do campeonato mundial, que envolve a seleção brasileira masculina de voleibol, acontecerá na Capital, em comemoração ao retorno do ginásio aos grandes eventos esportivos.

“Na vida, quando planejamos, temos mais condições de acertar. Já estamos conversando com a CBV para que o evento possa marcar a reinauguração do Guanandizão, em parceria com o governo do estado de MS, e assim colocaremos Campo Grande de volta ao cenário nacional e internacional do esporte”, anunciou no prefeito Marquinhos Trad.

Campo Grande apresentou todos os requisitos necessários para sediar uma etapa da Liga das Nações e, conforme comentou Radames Lattari, da Confederação Brasileira de Voleibol, o objetivo agora é aguardar a aprovação do Comitê Internacional. “Estamos muito felizes com a reunião, porque a cidade apresentou todos os requisitos necessários para sediar uma etapa da liga e a CBV vai levar esse pleito à Confederação Internacional, mas com toda certeza faremos uma grande etapa”, disse.

Reforma do Ginásio

Através de parceria entre a Prefeitura de Campo Grande e o Governo do Estado, o projeto orçado em R$ 2,3 milhões prevê reforma completa das instalações elétricas, substituição do piso da quadra, pintura e novo paisagismo. O Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis, inaugurado em 1984, está localizado na Vila Nhanhá, em Campo Grande, e tem a capacidade para receber 8,2 mil pessoas.

O diretor-presidente da Funesp Rodrigo Terra lembra que a revitalização do ginásio abrange toda a estrutura, desde os banheiros, passando pelo sistema hidráulico e elétrico até as calçadas em volta do prédio.

Publicidade