Blitz News
Notícias
Agenda
Projeto Vertentes une 300 músicos em shows

Projeto Vertentes une 300 músicos em shows especiais

Data: 16/07/2019 Fonte: www.correiodoestado.com.br

Iniciativa é realizada pelo Coletivo Campo Grande Música

Há quatro meses, o Coletivo Campo Grande Música realiza o Projeto Vertentes, uma iniciativa que tem o propósito de fomentar a cena cultural da cidade com apresentações de diferentes gêneros e estilos, do samba ao rock.

Um dos organizadores, o músico Jerry Espíndola, explica que o projeto surgiu por meio da união de artistas do Coletivo Campo Grande Música. “São mais de 300 músicos participando do coletivo e nós tivemos a ideia de fazer as apresentações para fomentar a cena cultural de Campo Grande. Fechamos 12 edições e já estamos na quarta, com uma edição por mês”, afirma Jerry. 

As apresentações são realizadas sempre na Casa de Ensaio, a partir das 18h. “O que notamos de interessante – e foi meio sem querer – é que na Casa de Ensaio não é permitida a venda de bebidas alcoólicas porque é um espaço educacional, então quem vai ao show está pela música; é um ambiente diferente das apresentações em bares. Essa possibilidade foi ao encontro da nossa ideia de que a música seja a protagonista do evento”, explica. Segundo Jerry, o público fica mais próximo da música. “É outra concepção, todo mundo atento, curtindo o show”, descreve. 

Para organizar a programação, os artistas dividiram os integrantes do Coletivo por meio dos estilos musicais. “São trabalhos autorais, tivemos esse cuidado. Por exemplo, os músicos que são intérpretes também têm o cuidado de tornar aquela apresentação especial, com releituras de canções de outros compositores”, ressalta.

As apresentações prezam pela qualidade. “Nós recebemos o apoio da Engepar, que tem sido muito atuante na cena cultural de Campo Grande. Eles nos auxiliam no custo operacional e a bilheteria é destinada aos artistas que estão se apresentando no dia”, indica Jerry.

COLETIVO

O Coletivo Campo Grande Música surgiu por meio da provocação do cantor e compositor Renato Teixeira, autor de “Romaria” e outros sucessos.

“O primeiro coletivo foi em Taubaté, depois em Dourados, onde Renato está morando atualmente, e depois em Campo Grande. Conversando sobre o assunto, tivemos a ideia de criar aqui e, atualmente, temos mais de 300 integrantes”, explica.
O Coletivo realiza o Projeto Vertentes e, em breve, começará o Tereré Musical. “A ideia é continuar a criar ações que possibilitam a apresentações de artistas”, reforça. 

Informações sobre o projeto na página oficial do coletivo no Facebook. 

Publicidade