Blitz News
Notícias
Notícia
71ª Reunião anual da SBPC

Participantes de todo o Brasil chegam a MS para 71ª Reunião anual da SBPC

Data: 23/07/2019 Fonte: midiamax.com.br

Ampliar conhecimentos e aumentar a rede de contatos. Por uma semana, pesquisadores, docentes, discentes e demais interessados em ciência vão ter tudo isso bem perto, no campus da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) em Campo Grande, com a reunião da SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência).

Realizado anualmente, o evento está em 71ª edição e acontece pela primeira vez no Estado, sendo então uma oportunidade única na cidade para profissionais da área e também entusiastas. Até sábado (27), debates, apresentações e minicursos devem ser ministrados, despertando a curiosidade, principalmente, da comunidade acadêmica.

Esse é o caso de Thiago França, aluno de mestrado de Ciências de Materiais. “Vim visitar e fazer minicursos na minha área. O evento é bom para fazer o networking, fazer contatos e conhecer várias pessoas do Brasil e América Latina de uma vez só”, comenta o discente da UFMS, que prossegue.

“Aqui tenho a oportunidade até de visitar museus de outros estados. Também temos a oportunidade conhecer mais o próprio Mato Grosso do Sul através dos estudos científicos apresentados no SBPC”, conclui França.

Porém, quem ainda não se aprofundou cientificamente e ainda está na graduação superior também se interessa pelo evento, que traz conhecimento úteis e que pode ajudar a formação, como explica a estudante de Medicina, Thamara Jabbour Monreal.

“Estava em uma palestra sobre Privação do Sono e estou bem surpresa com a organização e infraestrutura, setores que Campo Grande, normalmente, deixa a desejar. Meu único problema é manejar o tempo entre várias atividades oferecidas”, frisa.

Grandioso e diferenciado

Já a estudante de Arquitetura, Naiane Meline, destaca a grandiosidade do SBPC e a importância dele acontecer em Mato Grosso do Sul, reafirmando a oportunidade única que ele traz aos seus participantes, sejam daqui do Estado ou mesmo de fora.

Foto: Carlos Yukio/Jornal Midiamax

“O sentimento é de estar em um evento de grande porte. Há uma interatividade com a universidade através de pesquisas e projetos de milhares de empreendedores e cientistas. Temos uma visão da amplitude da ciência”, comenta Naiane sobre a reunião anual, maior evento de divulgação científica da América Latina.

Outro que chegou com expectativa para o evento foi o professor de Química da rede pública, Edjunior José Zigarte. “Acabei de chegar e é meu primeiro dia na SBPC, mas como professor já estive nas duas outras versões anteriores. Nessa versão em Campo Grande, algumas partes estão menores, mas a estrutura está diferenciada”, opina.

Presença de ministros

Conforme a programação do SBPC, dois ministros podem comparecer ao evento em Campo Grande para palestrar. Um deles é o ministro de Minas e Energia, Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Júnior, que é almirante de esquadra da Marinha brasileira, e ainda não tem presença confirmada em conferência na terça-feira (23).

Outro possível participante é o famoso ex-astronauta brasileiro e ministro do MCTIC (Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações), Marcos Pontes, que deve vir à Capital sul-mato-grossense para conferência na SBPC, na sexta-feira (26).

Também na terça-feira, está programada uma conferência para discutir as oportunidades econômicas e científicas que a concretização da Rota Bioceânica, que passa por cidades como Campo Grande e Porto Murtinho no Estado, pode trazer. O conferencista será o senador Nelsinho Trad (PSD), presidente da Comissão de Relações Exteriores.

SBPC espera até 15 mil pessoas

Com expectativa de receber até 15 mil pessoas, a 71ª edição da Reunião Anual da SBPC foi aberta no domingo (21) e vai até sábado (27). As inscrições, que são gratuitas, podem ser feitas através deste link até às 12h de 26 de julho, ou presencialmente, até às 14h do mesmo dia. Aberto ao público, o evento exige inscrição obrigatória para quem tiver interesse em receber certificado.

O tema deste ano é “Ciência e Inovação nas Fronteiras da Bioeconomia, da Diversidade e do Desenvolvimento Social”, com mais de 250 atividades. A programação científica se soma às atividades da SBPC Inovação, SBPC Afro e Indígena e SBPC Educação.

Ao longo da semana, serão realizadas 67 conferências, 59 mesas-redondas, 40 encontros, 16 rodas de conversa, 09 sessões especiais, 05 palestras, 04 assembleias e 03 oficinas. Além disso, serão oferecidos 44 minicursos, com carga horária de 8 horas, em diversas áreas do conhecimento.

Publicidade